Prêmio Crea-RJ de Meio Ambiente

Prêmio Crea-RJ de Meio Ambiente é concedido anualmente com o objetivo de expressar reconhecimento às personalidades ou instituições e entidades que tenham se distinguido por suas posições, ações e projetos na luta pela preservação, defesa e/ou conservação na área da Engenharia, da Agronomia, da Geologia, da Geografia e da Meteorologia, preferencialmente em ações no Estado do Rio de Janeiro.

A iniciativa permite a identificação de valores morais e éticos que contribuíram ou venham a contribuir com a melhoria da qualidade de vida e de comportamentos que serviram ou poderão servir de exemplo e nortear ações de indivíduos e organizações.

Clique aqui para acessar a transmissão ao vivo do evento hoje

 

REGULAMENTO

I- Objetivo


O PRÊMIO CREA-RJ DE MEIO AMBIENTE é concedido anualmente com o objetivo de expressar reconhecimento às personalidades ou instituições e entidades que tenham se distinguido por suas posições, ações e projetos na luta pela preservação, defesa e/ou conservação na área da Engenharia, da Agronomia, da Geologia, da Geografia e da Meteorologia, preferencialmente em ações no Estado do Rio de Janeiro. A iniciativa permite a identificação de valores morais e éticos que contribuíram ou venham a contribuir com a melhoria da qualidade de vida e de comportamentos que serviram ou poderão servir de exemplo e nortear ações de indivíduos e organizações.

II- Indicação


A indicação dos nomes de personalidades, das instituições ou entidades à premiação poderá ser efetuada por qualquer pessoa ou organização vinculada ao Sistema Confea/Crea, através do preenchimento completo da Ficha de Indicação. Prevê-se, ainda, a premiação “Post Mortem”, sem qualquer número limite.

A ficha de indicação está disponível em (PDF) ou online.

III- Entrega das Fichas de Indicação
3.1- As fichas de indicação deverão ser entregues à Comissão de Meio Ambiente, por meio do formulário online ou EXCEPCIONALMENTE via e-mail para jorge.antonio@crea-rj.org.br e/ou cma@crea-rj.org.br até as 18 horas do dia 15 de SETEMBRO de 2020.

3.1.1- As indicações enviadas através dos Correios ou por empresa aérea somente serão aceitas se forem recebidas pela Comissão de Meio Ambiente, no dia 15 de SETEMBRO de 2020.

3.1.2- No caso de envio pelos Correios, deverá ser feito através de Carta Registrada com Aviso de Recebimento (A.R.).

3.2-Deverão ser entregues em envelope, com a devida identificação e endereçamento:

3.2.1- Ficha de indicação previamente preenchida, principalmente no que se refere ao item 2 (Justificativas), que contenham informações substanciais e objetivas para dar respaldo à indicação.

3.2.2 – “Curriculum Vitae” do candidato e ou instituição.

3.2.3 – Outros documentos que julguem necessários.

3.3 – As fichas de indicação recebidas após o prazo limite serão automaticamente desconsideradas.

IV – Premiação
4.1 – As fichas de indicação serão avaliadas por membros da Comissão de Meio Ambiente (CMA) na Reunião Ordinária no dia 22 de SETEMBRO de 2020, que deverá selecionar o número máximo de 5 premiados.

4.2Os nomes dos indicados que receberão a premiação serão submetidos à Plenária do Conselho, no dia 9 de NOVEMBRO de 2020, para aprovação.

4.3 – Serão agraciados até cinco classificados, sendo a premiação “Post Mortem” sem qualquer limite.

4.4 – Os premiados e/ou seus representantes receberão a comunicação das suas premiações o Troféu PRÊMIO CREA-RJ DE MEIO AMBIENTE 2020, em SOLENIDADE VIRTUAL na Reunião da CMA, no dia 17 de NOVEMBRO de 2020, em horário a ser definido pela CMA.

4.4.1 -Será realizada comunicação aos agraciados através de forma remota com vídeos ou peças audiovisuais elaborados pela Assessoria de Marketing e Comunicação AMAC, ou ofício através da Presidência.

4.4.2 – Os premiados e/ou seus representantes receberão o Diploma, assinado pelo Presidente do Crea-RJ e pelo Coordenador da CMA, e o Troféu PRÊMIO CREA-RJ DE MEIO AMBIENTE 2020, em solenidade que será marcada em 2021, na sede do Crea-RJ, Rua Buenos Aires 40, Centro, Rio de Janeiro, RJ.

4.5 – O prêmio não poderá ser concedido a uma pessoa, física ou jurídica, mais de uma vez.

4.6 – O homenageado que não receber o prêmio no prazo de 01 (hum) ano será considerado declinante da homenagem, sendo a mesma cancelada e o fato registrado.

4.7 – O Prêmio será concedido a, pelo menos, 3 profissionais e/ou instituições, vinculados ao Sistema Confea Crea.

4.8- Todos os profissionais e/ou instituições, vinculados ou não ao Sistema Confea Crea, devem estar regulares com seus Conselhos Profissionais, se for vinculado a algum Conselho.

V – Comunicação
A comunicação da premiação ao agraciado, ou à família, será através de ofício assinado pelo Presidente do Crea-RJ e envio de convite para a solenidade de premiação.

VI- Critérios de Julgamento
6.1 – O principal critério para julgamento será o reconhecido esforço e a obtenção de resultados objetivos na luta pela proteção, preservação e/ou conservação do meio ambiente, preferencialmente, em ações no Estado do Rio de Janeiro.

6.2- Deverão ser observadas as procedências dos profissionais, quanto às suas formações acadêmicas, denominando-os corretamente, e a pertinência das atividades exercidas, quanto aos normativos exigidos para a habilidade desenvolvida, quando for o caso.

6.3 – A Comissão de Meio Ambiente poderá indicar outros aspectos em função das indicações recebidas.

VII- Informações Complementares
7.1- A entrega das indicações e aceitação do indicado implicam total concordância com as condições do “Prêmio Crea-RJ de Meio Ambiente 2020”.

7.2 – Os casos omissos neste regulamento serão examinados e decididos, pela Comissão de Meio Ambiente do Crea-RJ.[/vc_toggle]

Premiados 1998-2019

2019
  • Engenheiro Florestal CELSO JUNIUS FERREIRA SANTOS
  • Promotor de Justiça JOSÉ ALEXANDRE MAXIMINO MOTA
  • Geógrafa REGINA COHEN BARROS
  • Engenheiro Militar e Eletricidade RICHARD MAGDALENA STEPHAN
  • Engenheiro Mecânico HAROLDO MATTOS DE LEMOS
2018
  • Fazendinha Agroecológica Km 47 – UFRRJ, Embrapa, CTUR, Pesagro e PPGAO/UFRRJ
  • Coleção de Guias da Fauna da Usina Hidrelétrica de Batalha – Furnas Centrais Elétricas
  • Engenheiro Civil ALEXANDRE PESSOA DIAS
  • Projeto Sitio Rainha Do Mar
  • Programa Replantando Vida – Companhia Estadual De Águas E Esgotos (Cedae)

Post Mortem: Engenheiro Eletricista JOSÉ CHACON DE ASSIS (Post Mortem)

 

2017
  • Biólogo HAROLDO CAVALCANTE DE LIMA
  • Geógrafa NADJA MARIA CASTILHO DA COSTA
  • Engenheiro Florestal ROGÉRIO GRIBEL SOARES NETO
  • COMITÊ DA BACIA DA REGIÃO HIDROGRÁFICA DO MÉDIO PARAÍBA DO SUL – CBH
  • FÓRUM ESTADUAL DE COMBATE AOS IMPACTOS DOS AGROTÓXICOS – FECIA/MPRJ
  • FUNDAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTADUAL DA ZONA OESTE – UEZO

 

2016
  • Engenheira Agrônoma ANA MARIA PRIMAVES
  • Engenheiro Civil ADACTO BENEDICTO OTTONI
  • Assembleia Permanente de Entidades em Defesa do Meio Ambiente do Estado do Rio de Janeiro – APEDEMA-R
  • Colégio Técnico da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – CTUR
  • RIOSUL Shopping Center

 

2015
  • Engenheiro Florestal AXEL GRAEL
  • Geógrafo MAURO SÉRGIO FERNANDES ARGENTO
  • Ambientalista DONATO JOSÉ VELLOSO
  • Centro Interescolar de Agropecuária JOSÉ FRANCISCO LIPPI
  • ACOTEM- Associação da Comunidade Tradicional do Engenho do Mato – PROJETO QUILOMBO SOLAR

 

2014
  • Cineasta – Silvio Tendler
  • Engenheiro Agrônomo e de Segurança do Trabalho Sandro Luiz Rosa Reis
  • Engenheiro Químico – Gandhi Giordano
  • Equipe Ambiental da UERJ dos estudos da estrada-parque Paraty-Cunha
  • Apalma – Associação de Preservação Ambiental das Lagunas de Maricá e Pescadores Locais

 

2013
  • Engenheiro Agrônomo Rommel Alexandre Sauerbron da Cunha pelo Projeto de “Florestamento com Árvores de Madeiras Nobres”
  • Empresa AMBEV – Companhia de Bebidas das Américas pelos Projetos de “Reaproveitamento de Água” e de “Educação Ambiental”
  • Empresa Prolagos Concessionária de Serviços Públicos de Água e Esgoto, pelos Projetos “Águas Novas” e de “Educação Ambiental”

Post Mortem: Engenheiro Civil Otávio Maffei dos Santos Arquiteto e Urbanista Marco Leão Gelman

 

2012
  • APIB – Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – ARPINSUDESTE
  • Geólogo Benedicto Humberto Rodrigues Francisco
  • Maria do Carmo Barbosa de Oliveira

Post Mortem: Luis Carlos Matos Marins

 

2011
  • Comissão Ambiental Sul em Volta Redonda – RJ
  • Eng. Eletricista Júlio Domingos Nunes Fortes
  • Cientista Maria do Carmo de Araújo Fernandes

Post Mortem: Geógrafo José Carlos Magalhães Castro

 

2010
  • Eng. Agrônomo Alceo Magnanini
  • Geógrafo Antonio José Teixeira Guerra
  • Eng. Químico Odir Clécio da Cruz Roque
  • Ambientalista Rovani Souza Dantas
  • Comissão Pastoral da Terra – Regional Baixada Fluminense / EMATER Nova Iguaçu

 

2009
  • Geógrafo Carlos Walter Porto Gonçalves
  • Eng. Eletricista José Chacon de Assis
  • Engª Química Vilma Cardoso da Silva
  • Projeto Eco-Social CertaCentro Comunitário Fazenda Passaredo

 

2008

 

2007

 

2006

 

2005

 

2004

 

2003

 

2002
  • Engenheiro e Jornalista José Walter Bautista Vidal
  • Geógrafo e Biólogo Edgar Kuhlmann
  • Engenheiro Agrônomo e Florestal Sebastião Pinheiro
  • Professor Aristides Arthur Soffiati Netto
  • Governador do Acre Jorge Viana
  • Comissão de Ética e Cidadania de Itaguaí

Post Mortem: Geógrafo Milton Santos

 

2001
  • Senadora Marina Silva
  • Botânica Graziela Maciel Barroso
  • Jornalista Paula Werneck Saldanha
  • Ibsen Gusmão Câmara
  • Jornalista Paulo Roberto Araújo
  • Instituto Socioambiental
  • Fundação Mokiti Okada
  • Consórcio CPRM / Embrapa / DRM

Post Mortem:
Fotógrafo, Cinegrafista e Radialista João Nunes Martins Pereira de Melo
Ecologista Henrique Luiz Roessler

 

2000
  • Ambientalista Ana Lucia SigaudDeputado Estadual Carlos MincGeógrafo Elmo da Silva AmadorArtista Plástica, Decoradora e Coordenadora do Movimento de Cidadania pelas Águas em Quissamã Helianna Barcellos de OliveiraEngenheiro Agrônomo Lauro Nardoto CondeMovimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra – MST/RJGrupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente

Post Mortem: Pesquisadora Johanna Döbereiner

Eng. Civil Paulo Jackson Villas Boas

 

1999
  • Doutor em Geografia Aziz Nacib Ab’Saber Leonardo Boff G. P. Nação Mangueirense

Post Mortem:

Naturalista Carl Friedrich PhilippVon Martius
Naturalista Augusto Ruschi

Flavio Diniz de Carvalho

 

1998
  • Geógrafo e Prof. Orlando ValverdeTenente da Polícia Florestal e Meio Ambiente do RJ Valdemir Rebello CortáEquipe do Projeto Mutirão ReflorestamentoFrei Alberto Libânio Crhisto (Frei Beto)Reserva Particular do Patrimônio Natural – Fazenda Bom Retiro

Post Mortem: Eng. Sanitarista e Professor Breno Marcondes Silva Geógrafo e Historiador Marcelo Moreira de Ipanema Advogado e Ex-Promotor de Justiça João Batista Petersen Mendes Líder Seringueiro Chico Mendes D. Pedro II Major Manoel Gomes Archer Escravos: Matheus, Eleuthério, Leopoldo, Maria, Manuel, Constantino e Francisco

Galeria de Fotos

2018

2017

2016

2015

Indicação online

2020

[/vc_column_text]

Agraciados 2020